A tecnologia que deu voz a duas meninas

A tecnologia que deu voz a duas meninas que não podiam falar
18/10/2017



Mas uma empresa de tecnologia, a Vocalid, está mudando isso ao combinar sons que as meninas conseguem emitir com vozes gravadas de outras pessoas.

“Minha voz anterior era como um computador (falando). Minha voz atual têm sons meus”, diz Delaney.

Milhares de pessoas em todo o mundo dependem de computadores para falar. Mas a maioria usa a mesma voz computadorizada.
Especialista em fala, Rupal Patel percebeu que isso era um problema e resolveu agir.

“Eu vi uma menina e um homem conversando. Os dois estavam usando tecnologias de apoio diferentes, mas com exatamente a mesma voz masculina nos seus aparelhos”, contou.
Ela então decidiu desenvolver uma tecnologia que permitisse criar vozes únicas para as pessoas que dependem de computadores para falar. Mas os custos eram altos.

“Queríamos fazer vozes para pessoas comuns. E elas não vão pagar centenas de milhares de dólares por cada voz. Então, pensamos em coletar vozes para criar um grande banco de vozes e, a partir daí, criar identidades vocais únicas”, disse Patel.

Em 2014, ela criou a empresa Vocalid e passou a pedir que as pessoas “doassem” vozes para serem gravadas. Patel mescla as vozes dos doadores com sons emitidos por seus clientes - tudo isso para criar uma identidade vocal única.

“Todo indivíduo é capaz de emitir sons que são únicos para eles. Então, a gente pega o som que eles podem emitir e mesclamos com a voz de um doador compatível”, detalhou.

Maeve aprovou o resultado: “Eu gosto da minha nova voz. Ela se parece mais comigo, e eu gosto disso”.
 Outras Matérias
22/01/2018
Sustentabilidade
Cientistas sugerem meios para reciclar matérias-primas de lixo eletrônico

18/01/2018
Telescópio Hubble faz registro sem precedentes
Telescópio Hubble faz registro sem precedentes de uma das galáxias mais antigas do Universo

16/01/2018
Ciência
Ununênio, o novo elemento químico que cientistas japoneses tentam criar

10/01/2018
Dias mais longos segundo a astronomia
Ao contrário do que parece, a astronomia garante que nossos dias têm ficado mais longos

08/01/2018
Tecnologia
O país que usa o calor da internet para aquecer casas

12/12/2017
Tecnologia
Por que atualizar computador é mais importante até que antivírus para evitar ciberataques

07/12/2017
A menina que indica livros
"A menina que indica livros" ganha prêmio por vídeos no YouTube e ações de incentivo à leitura

05/12/2017
Da idade à tecnologia
Entenda como diferentes fatores explicam a sensação de que o tempo está voando

27/11/2017
Tecnologia e Educação
Aplicativo para catalogar espécies é grande vencedor do Concurso Desafios Sustentáveis

24/11/2017
Rede Social Chinesa
A rede social chinesa que já vale mais do que o Facebook - e por que você não a conhece

Horário de funcionamento:
De segunda à sexta das 8:00hs as 12:00hs e das 14:00hs as 18:00hs
Unidade Brasília
(61) 3245-7881