A tecnologia que deu voz a duas meninas

A tecnologia que deu voz a duas meninas que não podiam falar
18/10/2017



Mas uma empresa de tecnologia, a Vocalid, está mudando isso ao combinar sons que as meninas conseguem emitir com vozes gravadas de outras pessoas.

“Minha voz anterior era como um computador (falando). Minha voz atual têm sons meus”, diz Delaney.

Milhares de pessoas em todo o mundo dependem de computadores para falar. Mas a maioria usa a mesma voz computadorizada.
Especialista em fala, Rupal Patel percebeu que isso era um problema e resolveu agir.

“Eu vi uma menina e um homem conversando. Os dois estavam usando tecnologias de apoio diferentes, mas com exatamente a mesma voz masculina nos seus aparelhos”, contou.
Ela então decidiu desenvolver uma tecnologia que permitisse criar vozes únicas para as pessoas que dependem de computadores para falar. Mas os custos eram altos.

“Queríamos fazer vozes para pessoas comuns. E elas não vão pagar centenas de milhares de dólares por cada voz. Então, pensamos em coletar vozes para criar um grande banco de vozes e, a partir daí, criar identidades vocais únicas”, disse Patel.

Em 2014, ela criou a empresa Vocalid e passou a pedir que as pessoas “doassem” vozes para serem gravadas. Patel mescla as vozes dos doadores com sons emitidos por seus clientes - tudo isso para criar uma identidade vocal única.

“Todo indivíduo é capaz de emitir sons que são únicos para eles. Então, a gente pega o som que eles podem emitir e mesclamos com a voz de um doador compatível”, detalhou.

Maeve aprovou o resultado: “Eu gosto da minha nova voz. Ela se parece mais comigo, e eu gosto disso”.
 Outras Matérias
13/11/2017
Conheça 6 mitos sobre a mente
Você só usa 10% do cérebro? Pode aprender idiomas dormindo?

08/11/2017
Conheça as ‘superfrutas’
Encontradas na Mata Atlântica as ‘superfrutas’, pesquisadores tentam salvar da extinção

06/11/2017
Compras Online
De 1994 a 2017: a evolução no mundo das compras virtuais

03/11/2017

Como poucas noites mal dormidas já afetam nosso metabolismo e saúde mental

01/11/2017
Tecnologia e Educação
Adolescentes de Curitiba vencem concurso de invenções e se preparam para conhecer a Nasa

23/10/2017
Computação quântica
Computação quântica: como será a internet super-rápida do futuro

16/10/2017
Baixa umidade
Calor recorde obriga brasiliense a tomar cuidados especiais com a saúde

11/10/2017
Horário de verão pode causar infarto?
Veja o que dizem estudos recentes

06/10/2017
É verdade que empresas com mulheres no alto escalão têm resultados melhores?
Estudos sugerem que empresas com mulheres no alto escalão costumam ter melhor desempenho financeiro.

05/10/2017

Os computadores que estão sendo treinados para vencer você em qualquer discussão

Horário de funcionamento:
De segunda à sexta das 8:00hs as 12:00hs e das 14:00hs as 18:00hs
Unidade Brasília
(61) 3245-7881