Compras Online

De 1994 a 2017: a evolução no mundo das compras virtuais
06/11/2017




O clique que concluiu a primeira compra online aconteceu em 1994.

O empreendedor Dan Kohn, de 21 anos, vendeu um CD por US$ 12,48, mais o custo do frete.

Um ano depois, a Amazon lançou sua primeira livraria virtual.

E no mesmo ano, a empresa que se tornaria o eBay vendeu seu primeiro item.

Atualmente, uma em cada cinco pessoas no mundo faz compras online.
Neste ano, as vendas devem superar US$ 2 trilhões.

Os britânicos são os que mais gastam, seguidos pelos noruegueses e americanos.

Mas, apesar disso, as pessoas ainda continuam adorando "bater perna" para fazer compras.

Segundo uma pesquisa recente, 85% dos consumidores ouvidos disseram que ainda preferem as lojas físicas.

Os varejistas estão de olho nisso, usando ferramentas online para maximizar a experiência de compras.

Também estão unindo forças com os gigantes online para atrair os clientes.
 Outras Matérias
22/01/2018
Sustentabilidade
Cientistas sugerem meios para reciclar matérias-primas de lixo eletrônico

18/01/2018
Telescópio Hubble faz registro sem precedentes
Telescópio Hubble faz registro sem precedentes de uma das galáxias mais antigas do Universo

16/01/2018
Ciência
Ununênio, o novo elemento químico que cientistas japoneses tentam criar

10/01/2018
Dias mais longos segundo a astronomia
Ao contrário do que parece, a astronomia garante que nossos dias têm ficado mais longos

08/01/2018
Tecnologia
O país que usa o calor da internet para aquecer casas

12/12/2017
Tecnologia
Por que atualizar computador é mais importante até que antivírus para evitar ciberataques

07/12/2017
A menina que indica livros
"A menina que indica livros" ganha prêmio por vídeos no YouTube e ações de incentivo à leitura

05/12/2017
Da idade à tecnologia
Entenda como diferentes fatores explicam a sensação de que o tempo está voando

27/11/2017
Tecnologia e Educação
Aplicativo para catalogar espécies é grande vencedor do Concurso Desafios Sustentáveis

24/11/2017
Rede Social Chinesa
A rede social chinesa que já vale mais do que o Facebook - e por que você não a conhece

Horário de funcionamento:
De segunda à sexta das 8:00hs as 12:00hs e das 14:00hs as 18:00hs
Unidade Brasília
(61) 3245-7881